Bixiga


Nos anos 1820 um homem conhecido como Antônio Bexiga, por causa de suas cicatrizes de varíola, comprou e loteou as terras da Chácara das Jabuticabeiras, que interessaram aos imigrantes italianos, pobres e recém-chegados ao Brasil. Assim formou-se no distrito da Bela Vista, o Bairro do Bixiga, que ganhou importância pela tradição, religiosidade e culinária italianas, alem do típico sotaque italianizado, explorado na música de Adoniran Barbosa.

Embora não exista oficialmente na divisão administrativa da cidade, o Bixiga é um dos mais tradicionais bairros de São Paulo, abriga pontos históricos como a Vila Itororó, a Casa da Dona Yayá, os Arcos da Rua Jandaia, o Teatro Oficina, o Museu dos Óculos e a Escadaria do Bixiga, alem da tradicional Festa de Nossa Senhora Achiropita.

O bairro ficou consagrado no samba pelas composições de Geraldo Filme, e por abrigar a sede da escola de samba Vai-Vai, que até 2006 realizava ensaios pelas ruas do bairro.